sábado, outubro 16, 2021
spot_img

Volvo investe em nova geração de chassis rodoviários

HomeTranspo TechÔnibusVolvo investe em nova geração de chassis rodoviários

Crédito
Fotos Volvo

Com novas tecnologias embarcadas, montadora assegura ser possível reduzir consumo de combustível em até 5%

Os modelos de chassi Volvo B420R+ e B450+ para ônibus rodoviários de longa distância passam a ser equipados com a nova geração da transmissão I-Shift e tecnologia de aceleração inteligente. Juntos, estes recursos garantem, de acordo com a montadora, economia de até% em combustível, dependendo da rota. “Com estas tecnologias, os dois modelos são o que há de mais avançado em chassis rodoviários”, assegura Paulo Arabian, diretor comercial de ônibus da Volvo no Brasil. 

Os novos chassis são destinados para rotas extensas, que usam versões doble decker (duplo piso) e low driver (posto do motorista rebaixado no primeiro piso), para viagens de 400 quilômetros ou mais. Podem ter configurações de eixos 6×2 e 8×2, com motorizações de 420cv e 450cv. 

O software de controle do motor foi aprimorado para as condições de topografia, carga e condução do Brasil. Chamada de aceleração inteligente, essa tecnologia da Volvo proporciona redução no consumo de diesel, um dos mais importantes itens na planilha de custos do transportador. “Desenvolvemos algoritmos que identificam a necessidade real de torque conforme a topografia e o peso transportado, controlando a injeção de combustível de forma precisa, independente da ação do motorista no pedal”, explica Gilcarlo Prosdócimo, gerente de engenharia de vendas da Volvo Buses na América Latina. 

Outra novidade é uma nova versão da transmissão I-Shift. Com novo software, as trocas estão mais rápidas e suaves, melhorando o desempenho e o conforto em marcha. Ainda no motor, os novos modelos trazem modificação no sistema de pós-tratamento, com sistema de dosagem de Arla32 atualizado. O dispositivo ganhou novo módulo de comando, além de nova bomba e injetores. As mudanças seguem um padrão adotado na linha de caminhões Volvo, simplificando a manutenção e reduzindo custos operacionais. 

Houve avanços também na arquitetura eletrônica dos veículos, que estão mais conectados. Com isso, o Volvo Bus Connect aplicativo de celular que ajuda o operador a gerir a frota ganhou novas funcionalidades. Remotamente é possível acompanhar o desempenho de cada veículo, visualizando o consumo de diesel, tempo de condução na faixa econômica de rotações e tempo em marcha lenta, dentre outros itens. Com esses dados, é possível implementar melhorias, treinando os motoristas com base em números concretos.  

Os chassis ganharam um novo volante. Forrado em couro, tem agora 50cm de diâmetro, ergonomicamente projetado para proporcionar mais conforto e segurança ao dirigir. A nova geração traz ainda um tacógrafo digital. É um equipamento com menor custo de operação e memória interna de até sete dias de gravação, que garante mais praticidade graças ao armazenamento digital.

Os novos modelos podem ter o sistema de segurança ativa (SSA) mesmo em carrocerias equipadas com vidro bipartido. A última geração do SSA traz um conjunto de tecnologias que ajudam a evitar acidentes, como avisos de colisão frontal com frenagem de emergência e de mudança de faixa, sinal de alerta no para-brisa, piloto automático adaptativo e assento vibratório. Além disso, os chassis vêm de série com controle eletrônico de estabilidade, freios eletrônicos a disco e sistema antitravamento.

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

REVISTA TRANSPODATA

spot_img

Mais lidas

spot_img