sábado, outubro 16, 2021
spot_img

Revista TranspoData
Ano XIV – Fevereiro 2021 – Edição 84

HomeREVISTA TRANSPODATA – Ano XIV – Fevereiro 2021 – Edição 84ÍndiceRevista TranspoDataAno XIV – Fevereiro 2021 – Edição 84

 

EDITORIAL – Um primeiro semestre de fortes emoções no setor de caminhões
Com quase 10 mil caminhões vendidos em dezembro do ano passado, podemos afirmar, no balanço geral, que 2020 não foi um ano tão ruim para o setor como todos esperavam.

GIRO – Botuverá renova frota com o Novo Actros 2651
Após testar durante um ano, a Transportes Botuverá adquiriu 30 unidades do Novo Actros 2651 6×4. Agora, é a primeira a testar o Novo Actros 2653 6×4 com motor de 530cv, o mais potente da Mercedes-Benz no país.

GIRO – Randon Ventures investe R$ 13 milhões no Grupo Delta
A Randon Ventures investiu R$ 13 milhões no Grupo Delta, referência nacional em tecnologia e serviços para o segmento de seguros e transportes. É o maior valor aplicado pela unidade de investimentos e aceleração de startups das Empresas Randon desde a sua entrada no mercado, em fevereiro de 2020.

GIRO – VWCO amplia família Delivery
O Express+ é o mais novo integrante da família Delivery. A Volkswagen Caminhões e Ônibus investiu, principalmente, no aperfeiçoamento da segurança do caminhão.

 

GIRO – IVECO reforça quadro funcional
A IVECO ampliou em mais 478 vagas o quadro de trabalhadores da unidade localizada em Sete Lagoas (MG). Em outubro passado já havia contratado 278 temporários.

 

GIRO – Univipal eleva atividades em quase 60%
Universidade corporativa mantida pela Vipal Borrachas, a Univipal elevou em mais de 60% o número de matrículas em seus cursos EAD. Foram mais de 22 mil matrículas e 3.287 alunos formado no ano passado.

TOP VIEW – “Ritmo da vacinação será fator primordial na recuperação das vendas automotivas”
O presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, confia na expansão das vendas de veículos comerciais em 2021. Projeta perto de 22% de alta para caminhões e 8% para ônibus. Mas pondera que o ritmo da vacinação dos brasileiros contra a covid-19 exercerá papel central para sustentar estas expectativas.

CAPA – As grandes vendas de 2020
Mesmo com dificuldades e em meio à incertezas, grandes frotistas saíram às compras e a surpresa foi a supervenda para empresa de locação de caminhões.

 

TRANSPO TECH – Charrua torna frota 100% movida a gás
O Grupo Charrua tornou 100% movida a gás a frota de uma de suas empresas. Recentemente, o conglomerado gaúcho fez a encomenda de mais seis caminhões Scania com combustível alternativo.

 

ÔNIBUS – Primeiro ônibus rodoviário a GNV inicia operação até abril
O primeiro ônibus rodoviário movido a gás natural veicular e/ou biometano começa a operar até o mês de abril no transporte de trabalhadores. A iniciativa envolve a Scania, Marcopolo, Gerdau e Turis Silva.

VEÍCULOS – Caminhões seguem em alta; ônibus estagnam.
O primeiro mês do ano apontou para a continuidade do movimento de recuperação no segmento de caminhões. Já o mercado de ônibus segue com muitas dificuldades.

 

MERCADO – Scania projeta mercado em alta neste ano
Scania confia na continuidade da recuperação das vendas de caminhões, projetando incremento de 15%, e de retomada em ônibus, embora neste segmento as incertezas sejam ainda muito fortes.

IMPLEMENTOS – Aumento do aço ameaça recuperação
O aumento de 31% nos emplacamentos em janeiro consolidou a recuperação que a indústria de implementos rodoviários iniciou no ano passado. Mas surgiu um obstáculo: um novo reajuste no preço do aço, principal insumo do setor, e que já teve elevação acima de 86% no ano passado.

 

CONEXÃO BRASIL – Portos públicos elevam movimentação de cargas em 5,7%
Levantamento do Ministério da Infraestrutura aponta para crescimento de 5,7% na movimentação de cargas nos portos públicos. O volume total foi superior a 447 milhões de toneladas.

ARTIGO – Audiências públicas no processo decisório de infraestruturas de transportes
Ganhos na hierarquização das decisões são patentes. Na transparência das variáveis envolvidas, do decidido e suas razões também. Na legitimação pública dos planos e projetos nem se fala. E, ao contrário do que possa parecer, até nos prazos, energia e despesas envolvidas pode/deve haver ganhos.

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

REVISTA TRANSPODATA

spot_img

Mais lidas

spot_img