terça-feira, dezembro 7, 2021
spot_img

Foton dialoga estratégias de mercado com os concessionários

HomeTranspo TechCaminhõesFoton dialoga estratégias de mercado com os concessionários

Primeira decisão conjunta foi o início das importações de caminhões semipesados da família Auman a partir do próximo ano

A Foton estabeleceu um amplo e inédito diálogo com sua rede de concessionárias a ponto de decisões sobre nacionalização de produtos e introdução de novos modelos serem tomadas conjuntamente. Representada pela Associação Brasileira dos Concessionários Foton Caminhões (Abrafoton), a rede discutirá com executivos da empresa (brasileiros e chineses) cada passo estratégico que a montadora dará no país.

Em função da expansão da rede, muitas das quais oriundas de representações da Ford que recentemente deixou o Brasil, e expertise desses grupos econômicos com produtos fortes em segmentos como leves, médios e semipesados, montadora e concessionárias decidiram conjuntamente que o mercado local está suficientemente maduro para a introdução de caminhões da Família Auman, na linha de semipesados com versões entre 17 e 25 toneladas. Com grande sucesso de vendas na China e demais países do Oriente, esses novos modelos começarão a ser vendidos no Brasil no início de 2022.

Seguindo a mesma estratégia estabelecida para os veículos leves e médios da Família Aumark, de seis, nove e 11 toneladas, a ideia é começar importando esses modelos para, em seguida, produzi-los no país. “O objetivo principal é sempre a nacionalização, pois assim nos livramos de fatores imprevisíveis, como variação cambial e problemas logísticos”, comenta Ricardo Mendonça de Barros, diretor de vendas e de desenvolvimento de concessionárias da Foton.

Atualmente, a Foton produz no Brasil, em parceria com a Gefco, em Guaíba (RS), os caminhões leves Aumark de 3,5 toneladas. No final do ano passado lançou os modelos de seis, nove e 11 toneladas da família Citytruck, cujo estudo para nacionalização está em andamento. “A partir do ano que vem a empresa aumentará a produção de caminhões no Brasil e passará a montar aqui os modelos que, por enquanto, estão sendo importados”, anunciou Mendonça de Barros.

Com o aquecimento das vendas de caminhões no país neste ano, com expansão de cerca de 35% em comparação com igual período de 2020 em modelos leves e médios, Mendonça de Barros estima que a Foton, que agora tem uma rede de concessionárias tradicional nos segmentos alvo da empresa e com maior capilaridade, se beneficiará com crescimento superior a 100% sobre o ano passado. “Vamos acelerar a nacionalização de diversos modelos, uma vez que já contamos com volume que justifique essa decisão”, observou.

A Abrafoton reúne 37 concessionárias, distribuídas por todo o país. De acordo com Mendonça de Barros, negociações com outros grupos de revendas estão avançadas e projeta encerrar o ano com 46 casas. “O mercado aponta para um crescimento sustentável ao longo de toda essa década, pois o país tem necessidade de renovação e ampliação de frota”, assinala.

RELATED ARTICLES

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

REVISTA TRANSPODATA

spot_img

Mais lidas

spot_img