quarta-feira, setembro 22, 2021
spot_img

Balanças desativadas nas rodovias federais concedidas durante o surto de coronavírus

HomeGiroBalanças desativadas nas rodovias federais concedidas durante o surto de coronavírus

Minfra e ANTT anunciam que todas as rodovias federais concedidas terão as balanças desativadas durante o surto de coronavírus. Fique por dentro!

Com objetivo de evitar aglomerações e o contato entre profissionais do transporte de cargas e da fiscalização das rodovias durante a pandemia do novo coronavírus, o Minfra (Ministério da Infraestrutura) em conjunto com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) declararam que as atividades dos postos serão encerradas e balanças desativadas em todas as rodovias federais concedidas.balanças desativadas

Esta ação protetiva sob competência da ANTT é válida para todas as rodovias federais administradas pelas concessionárias privadas, e para a notícia chegar até o maior número de caminhoneiros possíveis, a ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias) e outras entidades representativas do transporte de cargas foram formalmente comunicadas. 

O que o MINFRA diz em relação às balanças desativadas durante a pandemia?

O próprio ministro Tarcísio Gomes de Freitas, afirma que o objetivo maior das rodovias federais concedidas com as balanças desativadas é neutralizar o tempo de retenção e evitar o contato entre todos os profissionais envolvidos com o transporte de cargas direta ou indiretamente, uma vez que o isolamento social é a medida mais eficaz de proteção da sociedade durante o surto do novo coronavírus.

Além disso, o governo federal em união com as entidades que representam os setores de transportes rodoviários desenvolvem uma série de medidas de orientação e de triagem em pontos estratégicos dos principais corredores logísticos do país. 

Essas medidas são fundamentais, pois o transporte terrestre coletivo interestadual e internacional de passageiros também foi considerado serviço essencial, mediante publicação do decreto número 10.282. Desta forma, foi acordado entre governo federal e estaduais a garantia de circulação livre do transporte de cargas nas rodovias. 

Também estão sendo feitos alguns ajustes nos decretos estaduais para que serviços essenciais para os profissionais do setor tenham acesso a serviço como: borracharias, oficinas mecânicas, pontos de alimentação e pernoite nas rodovias.

Pronto, agora você sabe sobre as balanças desativadas nas rodovias federais concedidas e o motivo desta ação estar sendo feito. Não deixe de compartilhar essas informações com todos os seus conhecidos envolvidos no transporte rodoviário!

Matéria anterior: ANTT orienta sobre medidas de prevenção

Próxima matéria: TranspoSul é adiada para setembro

 

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

  1. Muita acertada a medida, mas tenho pensado se não estão afrouxando também a fiscalização e a vistoria, podendo acarretar desde sobrecarga além do recomendável, passando por baixa vistoria na manutenção dos freios, pneus, etccc?

    Temos vistos também muitos relaxamentos na segurança neste momento. Como ficarão as fiscalizações das Policias Federais? E o combate dos transportes de drogas, será relaxado também?

    Enfim, sei que a ANTT focou na agilidade para todo o sistema de logística sobre rodas, também entendo que algumas dos pontos apontados não são da competência desta agência; porém em nome ao combate do COVID-19 temos vistos um afrouxamento total na segurança. São milhares de presos sendo soltos diariamente por todos os cantos do país, fiscalizações rodoviárias sendo afrouxadas, etc…. acho que precisamos olhar com mais atenção para as decisões gerais, para que mais tarde não nos arrependamos pela opção das respostas mais fáceis e rápidas. Mas, tenho certeza que juntos venceremos o Coronavírus.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

REVISTA TRANSPODATA

spot_img

Mais lidas

spot_img